Seja um Ativista Seja um Associado Faça uma Doação Lojinha Adote Sobre a PEA

 

Página Inicial

Animais
Eventos
Meio Ambiente
PEA

 

Ajude a PEA

 

Ajude a combater os maus tratos e o abandono de animais. Seu apoio é muito importante.

Faça a Diferença

Clique Aqui

Você também pode ajudar

efetuando sua contribuição nos bancos abaixo

 

Banco Itaú

 Agência: 1574

Conta Corrente: 22004-0

 

Bradesco

  Agência: 0665-3

Conta Corrente: 127.526-7

 

CNPJ: 05.872.606/0001-30

 
Acesse, Copie, Divulgue

 

 

Siga a PEA

 

 

Notícias - ANIMAIS


 

Comissão da Assembléia Legislativa do Paraná aprova projeto para proibir testes de cosméticos em animais.

Texto passou pela Comissão de Ecologia da Assembléia do Paraná.

Se virar lei, multa por descumprimento pode passar de R$ 3 milhões.

Foi aprovado nesta segunda-feira (27) pela Comissão de Ecologia e Meio Ambiente da Assembléia Legislativa do Paraná (Alep) um projeto de lei que pretende proibir o uso de animais para desenvolvimento e testes de cosméticos e perfumes. O texto, que já passou por outras comissões – como a de Constituição e Justiça (CCJ), deve ir a plenário nos próximos dias.

Pelo texto da proposta, do deputado estadual Stephanes Junior (PMDB), estabelecimentos de pesquisa e profissionais flagrados poderão ser multados progressivamente de acordo com o número de animais utilizados, caso a lei seja aprovada e sancionada. O projeto foi apresentado no início de 2014, baseada em legislação semelhante do estado de São Paulo.

Pelo projeto, fica proibida a utilização de animais para “desenvolvimento, experimentos e testes de produtos cosméticos, higiene pessoal, perfumes e seus componentes”. A multa prevista para o descumprimento é de 50 mil Unidades Padrão Fiscal (UPF/PR) por animal utilizado, podendo dobrar em caso de reincidência. As infrações subsequentes podem gerar suspensões temporária e definitiva do alvará de funcionamento, e os profissionais que atuarem no desenvolvimento podem receber multa de dois mil UPF/PR.

A UPF/PR é reajustada anualmente. Para 2014, o valor estabelecido pela Secretaria de Estado da Fazenda é de R$ 75,28. Ou seja, a multa de 50 mil UPF/PR equivale, em 2014, a R$ 3,76 milhões. Para os profissionais, a multa de dois mil UPF/PR equivale a R$ 150.560. “A multa é pesada para o pessoal realmente não fazer”, justificou o autor da proposta.

Animais não poderão ser usados em testes de cosméticos (Foto: Avener Prado/Folhapress)

Fonte: G1

Data: 28/10/2014 11:12:30

Compartilhe a notícia:

>voltar<