Seja um Ativista Seja um Associado Faça uma Doação Lojinha Adote Sobre a PEA

 

Página Inicial

Animais
Eventos
Meio Ambiente
PEA

 

Ajude a PEA

 

Ajude a combater os maus tratos e o abandono de animais. Seu apoio é muito importante.

Faça a Diferença

Clique Aqui

Você também pode ajudar

efetuando sua contribuição nos bancos abaixo

 

Banco Itaú

 Agência: 1574

Conta Corrente: 22004-0

 

Bradesco

  Agência: 0665-3

Conta Corrente: 127.526-7

 

CNPJ: 05.872.606/0001-30

 
Acesse, Copie, Divulgue

 

 

Siga a PEA

 

 

Notícias - ANIMAIS


 

Em 5 dias, 25 gatos são encontrados mortos em cemitério de Piracicaba

Todos os casos aconteceram quarta-feira (22) e esta segunda-feira (27).
Polícia investiga denúncia; grupo em defesa dos animais resgata animais.


Polícia Civil investiga tortura e morte de gatos no Cemitério da Saudade (Foto: Eduardo Martins/EPTV)

Doze gatos mortos foram encontrados no Cemitério da Saudade em Piracicaba (SP) entre a manhã desta segunda-feira (27) e a tarde de domingo (26). Com as 13 mortes registradas no local na última quarta-feira (22), já são 25 felinos achados sem vida em 5 dias. O balanço é do Grupo dos Cuidadores de Gatos do Cemitério da Saudade e das Ruas de Piracicaba. A Polícia Civil do município investiga se houve tortura ou matança dos animais.

De acordo com a coordenadora do grupo, Elcian Granato, os animais encontrados mortos nesta segunda apresentavam sinais de maus-tratos e violência. "É uma muita crueldade o que estão fazendo com eles". A maioria dos felinos eram filhotes, segundo Elcian. "Os criminosos têm escolhido os mais novinhos", lamentou.

Integrantes do grupo estão fazendo mutirões para resgatar os felinos que vivem no Cemitério. Na tarde de domingo, dois filhotes foram retirados do local. "Conseguimos tirar dois dos três  filhotes que encontramos, quando voltamos no dia seguinte, o terceiro gatinho já estava morto", afirmou Elcian.

Análises
Dois dos 12 gatos mortos no final de semana e nesta segunda foram levados para o Centro de Controle de Zoonoses de Piracicaba para realização de exames necropsiais. Os demais foram enterrados no Cemitério da Saudade.

Análises necroscópicas feitas nos animais mortos na semana passada confirmaram que a causa das mortes foi por violência. Cerca de 200 gatos vivem atualmente no cemitério, segundo o grupo dos cuidadores. A pena para quem comete maus-tratos a animais pode variar de três meses a um ano de prisão. O responsável pelos crimes, porém, pode pagar fiança.

Até a última sexta-feira (24), as autoridades policiais ouviram nove pessoas, entre funcionários e terceirizados que prestam serviços para a Prefeitura no cemitério. Nenhum suspeito foi identificado até o momento.


Gatos são achados sem vida entre os túmulos; maioria são filhotes (Foto: Eduardo Martins/EPTV)




Fonte: G1

Data: 28/10/2014 11:34:38

Compartilhe a notícia:

>voltar<