Seja um Ativista Seja um Associado Faça uma Doação Lojinha Adote Sobre a PEA

 

Página Inicial

Animais
Eventos
Meio Ambiente
PEA

 

Ajude a PEA

 

Ajude a combater os maus tratos e o abandono de animais. Seu apoio é muito importante.

Faça a Diferença

Clique Aqui

Você também pode ajudar

efetuando sua contribuição nos bancos abaixo

 

Banco Itaú

 Agência: 1574

Conta Corrente: 22004-0

 

Bradesco

  Agência: 0665-3

Conta Corrente: 127.526-7

 

CNPJ: 05.872.606/0001-30

 
Acesse, Copie, Divulgue

 

 

Siga a PEA

 

 

Notícias - ANIMAIS


 

Tartaruga se recupera bem após cirurgia para retirar 915 moedas de seu estômago

Autor(a): Sophia Portes

Uma tartaruga teve que passar por cirurgia para retirar 915 moedas que havia ingerido no fundo do tanque, em que as pessoas jogavam as peças de metal para ter sorte. O caso aconteceu na Tailândia com uma tartaruga de 25 anos, tristemente apelidada de “Banco”.

O animal foi levada para Bangoc, capital do país, onde teve que fazer uma radiografia que revelou o tesouro com moedas de vários países que carregava em seu estômago. A operação durou sete horas para retirar cinco quilos de metal do corpo do animal.

“Havia 915 moedas em seu estômago e a retiramos uma por uma”, disse à AFP Nantrika Chansue, do Centro Veterinário de Chulalongkorn.

Felizmente, a tartaruga está se recuperando do trauma que sofreu. “Ela está bem agora, mas terá que permanecer no centro por mais duas semanas”, informou a veterinária.

O animal vivia em um parque público da província de Chonburi, onde os turistas lançavam as moedas no tanque para conseguir sorte ou uma vida longa. Os veterinários disseram que pretendem desestimular essa prática.

“Uma tartaruga pode viver até 80 anos e a superstição é que jogar moedas fará com que o interessado tenha uma vida mais longa”, explica Rungroj Thanawongnuvej, decano da Faculdade de Veterinária de Chulalongkorn. “Mas jogar moedas provoca um carma ruim porque é torturar um animal”, concluiu ele.

Fonte: ANDA

Data: 10/3/2017 14:47:29

Compartilhe a notícia:

>voltar<