Seja um Ativista Seja um Associado Faça uma Doação Lojinha Adote Sobre a PEA

 

Página Inicial

Animais
Eventos
Meio Ambiente
PEA

 

Ajude a PEA

 

Ajude a combater os maus tratos e o abandono de animais. Seu apoio é muito importante.

Faça a Diferença

Clique Aqui

Você também pode ajudar

efetuando sua contribuição nos bancos abaixo

 

Banco Itaú

 Agência: 1574

Conta Corrente: 22004-0

 

Bradesco

  Agência: 0665-3

Conta Corrente: 127.526-7

 

CNPJ: 05.872.606/0001-30

 
Acesse, Copie, Divulgue

 

 

Siga a PEA

 

 

Notícias - ANIMAIS


 

Rússia proíbe exploração de golfinhos em zoológicos e shows itinerantes

O Dolphin Project compartilhou uma notícia que tem sido celebrada por vários ativistas e organizações de direitos animais: a confirmação de que a exploração de golfinhos em shows itinerantes e zoológicos serão proibidos na Rússia.

De acordo com o veículo de notícias russo Vesti, deputados da Duma Estatal, na Federação Russa, pretendem adicionar uma proibição para o projeto de lei proposto sobre o Tratamento Responsável de Animais.

O projeto original, que foi introduzido em 2010 e adotado em 2011, foi recordado em 2016 pelo presidente russo Vladimir Putin, que destacou a necessidade de um maior desenvolvimento da legislação.

Vladimir Panov, vice-presidente do Comitê de Ecologia e Proteção Ambiental da Duma explicou à agência de notícias russa TASS algumas das razões para a emenda, de acordo com informações do World Animal News.

“É impossível fornecer as condições necessárias para os mamíferos marinhos em dolphinariums itinerantes porque eles estão continuamente em movimento”, disse ele, acrescentando que, além do estresse que zoológicos provocam nos animais, forçados a interagir com o público, condições nocivas como a “Iluminação artificial, altos níveis de ruídos, espaço limitado e a falta de exercício podem contribuir com a morte prematura dos animais”.

A falta de capacidade de reprodução dos golfinhos em cativeiro também é um dos fatores responsáveis pelo declínio da espécie.

Se essa decisão da Rússia deve ser aplaudida, vale lembrar que o país ainda é um dos maiores compradores de golfinhos selvagens de Taiji (Japão) e permite a captura de orcas selvagens, que são mantidas em cativeiro para entretenimento.

Fonte: ANDA

Data: 18/4/2017 13:44:15

Compartilhe a notícia:

>voltar<