Seja um Ativista Seja um Associado Faça uma Doação Lojinha Adote Sobre a PEA

 

Página Inicial

Animais
Eventos
Meio Ambiente
PEA

 

Ajude a PEA

 

Ajude a combater os maus tratos e o abandono de animais. Seu apoio é muito importante.

Faça a Diferença

Clique Aqui

Você também pode ajudar

efetuando sua contribuição nos bancos abaixo

 

Banco Itaú

 Agência: 1574

Conta Corrente: 22004-0

 

Bradesco

  Agência: 0665-3

Conta Corrente: 127.526-7

 

CNPJ: 05.872.606/0001-30

 
Acesse, Copie, Divulgue

 

 

Siga a PEA

 

 

Notícias - ANIMAIS


 

Jacaré tem cabeça arrancada e é roubado de zoológico no sul de Minas

O jacaré do zoológico de Alfenas, no sul de Minas Gerais, foi roubado e morto durante a madrugada, desta terça-feira (4). Os restos mortais do animal, que teve a cabeça decaptada, foram encontrados por funcionários da instituição, em uma estrada próxima ao parque, ainda nesta manhã.

De acordo com Andrea Aparecida Brandão, veterinária do zoológico, os funcionários saíram em busca do animal após perceber que ele não estava na jaula, que teve o cadeado arrombado. Na mata, foram localizadas as víceras e a cabeça do jacaré. Segundo Andrea, a suspeita é de que ele tenha sido abatido ainda dentro do zoológico.

O macho da espécie “papo amarelo” era monitorado com chip, mas não foi localizado. A polícia foi acionada, mas até o momento, a motivação e os autores do crime não foram identificados. Andrea contou que há relatos de um caso parecido no zoológico há mais de 16 anos. Segundo ela, a suspeita é de que o animal tenha sido vítima de caçadores ou ex-funcionários do local.

A família dos jacarés do zoológico era formada pelo animal morto e por uma fêmea, que ficou muito estressada com o ataque e ficou dentro do lago durante toda a manhã. De acordo com técnicos do parque, o jacaré teria mais de 20 anos, media, aproximadamente, dois metros de comprimento e pesava mais de 100 quilos.

Fonte: R7

Data: 4/7/2017 17:24:38

Compartilhe a notícia:

>voltar<