Seja um Ativista Seja um Associado Faça uma Doação Lojinha Adote Sobre a PEA

 

Página Inicial

Animais
Eventos
Meio Ambiente
PEA

 

Ajude a PEA

 

Ajude a combater os maus tratos e o abandono de animais. Seu apoio é muito importante.

Faça a Diferença

Clique Aqui

Você também pode ajudar

efetuando sua contribuição nos bancos abaixo

 

Banco Itaú

 Agência: 1574

Conta Corrente: 22004-0

 

Bradesco

  Agência: 0665-3

Conta Corrente: 127.526-7

 

CNPJ: 05.872.606/0001-30

 
Acesse, Copie, Divulgue

 

 

Siga a PEA

 

 

Notícias - ANIMAIS


 

Macacos aparecem mortos em Porto Nacional (TO)

Cerca de quatro macacos da espécie Callithrix, popularmente conhecida como Sagui, foram encontrados mortos em Porto Nacional. Os animais caíram de um pé de manga no quintal de um morador do bairro Jardim Brasília.

Segundo o morador José Adão Turíbio, inicialmente via 12 animais e com o tempo eles foram sumindo. “Antigamente eram 12 por aqui, mas foram sumindo e eu fiquei pensando se alguém estava matando. Ai quando foi hoje apareceram estes quatro lá no quintal”. Segundo ele os macacos simplesmente caíram das árvores.

O Centro de Controle de Zoonoses da cidade investiga o caso, mas a prefeitura garantiu que não há indícios de febre amarela nos animais e que a principal suspeita é de envenenamento.O laudo que vai indicar as causas das mortes deve ficar pronto em até três meses. Enquanto isso, o morador que identificar qualquer comportamento estranho neste tipo de animal deve acionar o CCZ ou a Polícia Militar Ambiental.

A secretária de saúde do município, Anna Crystina Mota, disse que agressões contra estes animais são comuns na cidade. “As pessoas ainda imaginam que o macaco transmite febre amarela e acabam agredindo. Na verdade ele não transmite, se é infectado é apenas uma vítima, como nós. Mas encontramos muito eles mortos a pedradas, envenenados”.

A secretária também fez um alerta. “A área urbana não é adequada para domesticar estes animais, já que ele podem entrar na cozinha dos vizinhos, gerar incômodos e alguns riscos. O mais indicado é criar animais assim na zona rural”.

A denúncia de maus-tratos é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605, de 12.02.1998 (Lei de Crimes Ambientais) e pela Constituição Federal Brasileira, de 05 de outubro de 1988.

“Art. 32. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:

Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa.

§ 1º. Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.

§ 2º. “A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.”

Fonte: ANDA

Data: 21/7/2017 13:29:26

Compartilhe a notícia:

>voltar<