Seja um Ativista Seja um Associado Faça uma Doação Lojinha Adote Sobre a PEA

 

Página Inicial

Animais
Eventos
Meio Ambiente
PEA

 

Ajude a PEA

 

Ajude a combater os maus tratos e o abandono de animais. Seu apoio é muito importante.

Faça a Diferença

Clique Aqui

Você também pode ajudar

efetuando sua contribuição nos bancos abaixo

 

Banco Itaú

 Agência: 1574

Conta Corrente: 22004-0

 

Bradesco

  Agência: 0665-3

Conta Corrente: 127.526-7

 

CNPJ: 05.872.606/0001-30

 
Acesse, Copie, Divulgue

 

 

Siga a PEA

 

 

Notícias - ANIMAIS


 

Amarrado, cavalo morre enforcado após tentar beber água em córrego

Um cavalo que estava amarrado há dois dias sem água ou comida tentou se arriscar para matar a sede em um córrego e morreu enforcado no bairro Santa Rita, em Três Lagoas (MS).

Moradores denunciam que o animal estava em situação de maus-tratos e que órgãos públicos foram contatos para resgatar o animal, mas nenhum se disponibilizou para salvá-lo.

Próximo ao local onde o cavalo morreu estava um outro animal extremamente magro e debilitado.

Testemunhas afirma que o responsável pelo animal morto apareceu no local após a repercussão do caso e apenas cortou o corda onde o cavalo pendia e foi embora, deixando seu cadáver na sarjeta.

Welington da Cunha, morador do local, desabafa que os animais são vítima de desrespeito e maldade humana. “O pessoal não pensa que o animal é igual a um ser humano. Precisa beber água, várias vezes por dia. Não é só amarrar e largar aí. É um absurdo. Pegou para criar, tem que cuidar. Não merecem ser maltratados. Vemos a molecada bater e judiar sempre deles”, lamentou.

O artigo 32 da Lei n° 9.605/1998 determina como crime praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos tem pena prevista de detenção, de três meses a um ano, além de multa.

Fonte: ANDA

Data: 20/10/2017 16:51:42

Compartilhe a notícia:

>voltar<